sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Bem-te-vi

Bem-te-vi
Nome Científico: Pitangus sulphuratus
Família: Tyrannidae
O bem-te-vi é uma das aves mais populares do Brasil.
Comprimento: até 25 cm.
Plumagem: Tem o peito e abdomen amarelos. A garganta é branca com uma faixa preta sobre o olho. A parte de cima da cabeça é preta, ai esconde-se um topete amarelo.
Alimentação: Tem uma alimentação variada, é insetívoro, mas também come frutas e pequenos roedores.
É um dos primeiros pássaros que canta ao amanhecer. Seu canto é muito conhecido, referenciando o seu nome: bem-te-vi, bem-te-vi. Ave agressiva e territorialista.











Sabiá-do-campo

Nome: Sabiá-do-campo, sabiá-levanta-rabo, calhandra etc..
Nome Científico: Mimus saturninus
Comprimento: 26 cm
Plumagem: Plumagem cinza com asas, cauda e dorso escuros e peito, pescoço mais claro.
Sua cauda é comprida com pontas claras. Possui uma tarja escura na altura do olho. 
Alimentação: Essa ave é dispersadora de sementes, pois ao alimentar-se de frutos, não digere as sementes que saem intactas com as fezes. Alimenta-se também de pequenos insetos capturados em voo, mas também forrageia pelo chão a procura de formigas, besouros etc..
Reprodução: Em torno de até 4 ovos são postos em ninhos onde são incubados por até 14 dias. 
Essa ave tem uma diversidade de cantos, alguns que imitam o som de outras aves. Chegam em grupos, andam pelo chão ou nas árvores. Às vezes ficam um tempo nos fios de luz respondendo a outro chamado.

Em locais seguros a calhandra fica ciscando no chão










video
Fotos realizadas no dia 29 de janeiro de 2016 à tarde em Ibiúna, SP

sábado, 23 de janeiro de 2016

Pica-pau-verde-barrado

Nome científico: Colaptes melanochloros
Família: Picidae
Tamanho: 28 cm
Plumagem:Esverdeado com pintas escuras no peito e dorso. Possui um boné vermelho na parte de trás e preto em frente a cabeça. As faces são claras.
Alimentação: Formigas, larvas, cupins e frutos.

Reprodução: O ninho é construído nos ocos das árvores. Dois a 4 ovos são incubados pelo casal.

Avistamento: Seu canto alto durou algum tempo, o suficiente para avistá-lo numa árvore alta. Na manha do dia 22 de janeiro em Ibiúna - SP

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Pitiguari - canto



Nome Científico: Cyclarhis gujanensis
 Família Vireonidae
Sua cabeça e bico são grandes em relação ao corpo. O bico é forte, com 1 cm e meio de comprimento, a parte superior do bico possui um pequeno gancho, semelhante as aves de rapina, porém bem sutil.
 Pássaro com plumagem verde oliva.
As asas são pretas com barradas de verde oliva na parte externa e creme na interna. A plumagem da base dos pescoço e mais amarela, clareando no peito. As laterais da cabeça são cinzes com o boné marrom. A plumagem nas laterais do bico são de cor ferrugem.
Comprimento: 16:5 cm
Alimentação: larvas, frutos e animais invertebrados.
Seu bico tem a ponta em forma de gancho.
Cantam de forma melodiosa, uma ave respondendo à outra, por um espaço longo de tempo.


video

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Anu-Branco - Canto


Nome Científico: Guira guira
Família: Cuculidae

Seu canto alto avisa da chegada do bando. São aves barulhentas, que vivem aos bandos, com vários tipos de vocalização. São carnívoras, alimentam-se de pequenos animais, insetos e frutos. Possuem cauda longa, sua plumagem tem tons bege, mais escura nas asas e cauda, possui um topete descabelado. O bico do adulto é laranjado.
Seu voo é lento e curto, costumam andar no solo. Vivem em ambientes abertos como campos e lavouras, por isso são prejudicados com o inseticida das plantações. Nidificam em ninhos comunitários. Possuem cerca de 40 cm de comprimento.





video


Para mais informações neste blog:



quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Sabiá-laranjeira - canto

Sabiá-laranjeira

Nome Científico:  Turdus rufiventris


Família: Turdidae

Comprimento: 24 cm

Plumagem: Possui peito alaranjado, asas e caudas tem tons cinza escuro.
Alimentação: Alimenta-se de insetos e frutas.

Reprodução: O casal constrói o ninho onde são incubados de 3 a 4 ovos por  13 dias.




video


Sabiá-laranjeira tem um canto  muito apreciado, semelhante ao som da flauta. Foi imortalizado na Canção do Exílio de Gonçalves Dias. 
O macho canta para demarcar território e para atrair a fêmea.

Mais informações neste blog:

http://explorandoaves.blogspot.com.br/2014/06/sabia-laranjeira.html

http://explorandoaves.blogspot.com.br/2011/06/blog-post.html

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Aracuã-escamoso


Nome Científico: Ortalis squamata

O aracuã-escamoso pertence a família Cracidae, a mesma família dos jacus, porém são menores que estes. 
Medem 50 cm. Sua cor predominante é marrom, na cabeça, asas, cauda e dorso. O pescoço e peito são escamados, com a penugem do ventre mais clara. O bico tem uma curvatura. Essa ave foi encontrada sozinha atravessando a mata, à tardinha. 









Carrapateiro (canto)

Esse falconiforme é um dos gaviões mais conhecidos e encontrados no Brasil, também chamado de chimango-branco, devido a cor clara de seu corpo.

Nome Científico: Milvago chimachima

Família: Falconidae


video


Gavião caçando entre as árvores de eucalipto. 

Plumagem: dorso e asas são escuras, de cor marrom. Corpo e cabeça claros em tom de creme. Possui uma listra escura que parece dar continuidade ao olho.
Possui 40 cm de altura.

 Alimentação: Em contato com o gado alimenta-se de carrapatos, mas também pequenos anfíbios, frutas e o que encontrar, pois sendo  ave de rapina é um oportunista, saqueia ninhos, animais mortos em estradas etc..

Reprodução: Ninhos são construídos com ramos secos, onde são postos em torno de meia duzia de ovos, incubados pela fêmea, que é alimentada pelo macho neste período que pode levar mais de 20 dias. Após a eclosão dos ovos, a fêmea ainda é alimentada pelo macho.

Mais fotos:

http://explorandoaves.blogspot.com.br/2015/09/gaviao-carrapateiro.html


Bem-te-vi-rajado

Pássaro migratório.
Nesta época essa espécie enche as matas com seu canto característico. São filhotes que ainda recebem alimento na boca e  treinam voos.

Como diferencia-lo do peitica (Empidonomus varius)   e do pirata (legatus leucophaius),  todos rajados semelhantes?
Primeiramente pelo canto, que difere entre as espécies. Outra marca é o tamanho, pois o bem-te-vi-rajado é maior que os outros, além de possuir um bico e cabeça maiores do que o corpo. Difere também pelas listras brancas sobre os olhos, que não se unem atras da cabeça, como as do peitica e do pirata.
video

Nome Científico:   Myiodynastes maculatus    

Família: Tyrannidae    

Alimentação:
Frutos, por isso é dispersor de sementes, alimenta-se de insetos em pleno voo.        

Reprodução: Nesta região, sul do Brasil, aparece no verão para reproduzir. Seu ninho é elaborado em ocos de árvores. O casal alimenta e cuida dos filhotes, sendo agressivos quando atacados, conseguem espantar os tucanos e algum gato que estiver de olho nos filhotes. A incubação fica em torno de 16 dias e os filhotes levam mais uns 20 dias para deixar o ninho. A alimentação deles é feita pelo casal.


 Família em poleiros das árvores