quarta-feira, 31 de julho de 2013

Passaro


terça-feira, 30 de julho de 2013

JOÃO-DE-BARRO

Avistamento: Bairro Verava - Ibiúna - SP
Chácara São João Batista

João-de-Barro
Nome Científico: Furnarius rufus
Família: Furnariidae

O joão-de-barro é o pássaro oleiro. Possui dorso marrom e peito mais claro. Pássaro popular, campestre encontrado principalmente no sul do Brasil. É o pássaro símbolo da Argentina.
 Em cada estação constrói um novo ninho, utilizando-se de barro.

 Esse vídeo mostra um canto estridente tremulando as asas. Conforme informações são características de canto do casal.






João-bobo

Este joão-bobo foi fotografado em julho de 2013 no interior de Ibiúna-SP

Nome Científico: Nystalus chacuru
Família : ave galbuliforme da família dos buconídeos
Cerca de 18 cm de comprimento.
 Esse pássaro tem a cabeça maior que o corpo.  Possui bico alaranjado, peito branco com pinceladas de negro.Possui uma cauda fina. O olho é circulado por um tom escuro. Tem outros nomes como colhereiro e sucuru. O nome joão-bobo é pelo fato de ficar quieto e aceitar a aproximação humana, podendo ser pego por caçadores.
Alimenta-se de insetos e pequenos anfíbios.


Asa-branca


Nome Científico: Columba picazuro

 Considerada a maior pomba brasileira, com 35 cm.

 Essa pomba é grande, fica muito tempo num galho alto de árvore, possibilitando a observação. Por ser grande prefere áreas mais abertas, como os campos e plantações. São granívoras, isto é, alimentam-se de sementes e pequenos frutos.


Também conhecida como pombão, é considerada a maior das pombas brasileiras. Foi imortalizada na canção de Luiz Gonzaga sobre a seca no sertão. Segundo a  crença no nordeste, sua chegada e partida na caatinga marca o inicio e final da estação de chuvas.

Devido ao desmatamento para plantações e pecuária, a asa-branca adaptou-se a ambientes urbanos,
proliferando no sudeste e sul.

.
Os casais preparam ninhos, patrulhados  pelo macho em voos  que evidenciam a faixa branca na asa, o que lhe confere o nome de Asa-branca. O ninho é construído na parte baixa das árvores ou capões com apenas um ovo.

Essa pomba foi fotografada em julho de 2013 no interior de Ibiúna - SP