terça-feira, 28 de março de 2017

Martim-pescador

Martim-pescador-médio
Nome Científico: Chloroceryle amazona
Família Alcedinidae

Essas aves são observadas próximas a ambientes aquáticos, pois são aves pescadoras. Essa foto foi tirada na manhã do dia 28 de março de 2017 no açude da família Fabro, interior de Ana Rech. 



Eles medem em torno de 29 cm. Há dimorfismo sexual. O dorso é verde, possui um penacho na nuca, as asas possuem manchas brancas. O macho tem ventre branco com peito avermelhado, a fêmea tem o ventre branco com manchas verdes. A estrutura de seu corpo está adaptada para a vida aquática, com bico grande, pescoço curto,  asas longas,  patas pequenas e cauda média.
Pousam sobre a vegetação ou fios próximo a água, onde ficam observando as possíveis presas na água.
Seus hábitos alimentares são generalistas, peixes, crustáceos e insetos.
Os ninhos são construídos em barrancos próximos a água, em forma de túnel de quase um metro, onde são postos de 3 a 5 ovos brancos no fundo do túnel.O casal se reveza na incubação dos ovos, que dura de 19 a 21 dias. O casal cuida dos filhotes. 
Encontrado em todo o Brasil em ambientes aquáticos, mas estão diminuindo suas populações devido a poluição das águas e diminuição das matas ciliares. No nosso estado, RS, são encontradas  três espécies:

Martim-pescador-grande - Ceryle torquata - 42 cm
Martim-pescador-médio - Chloroceryle amazona -29 cm
Martim-pescador-pequeno - Chloroceryle americana - 19 cm


domingo, 12 de março de 2017

Sabiá-do-campo

Sabiá-do-campo
Nome científico: Mimus saturninus


Esse sabiá foi fotografado no litoral de Santa Catarina, pensei tratar-se do  sabiá-da-praia, mas não tem os olhos laranja e nem as partes ventrais claras, porém não é semelhante aos sabiás que já fotografei em Caxias do Sul, se alguém souber identificá-lo me avise, mas por certo é um sabiá-do-campo. 


 Os representantes da família mimidae são confundidos com os sabiás.  Porém os mimídeos possuem cauda longa e asas curtas e seus ninhos não são caprichados como os dos sabiás (Turdidae).  Eles imitam os cantos e chamados de outras aves, o que dá significado ao nome latim Mimidae, imitadores.






video

quarta-feira, 8 de março de 2017

Trepadorzinho

Nome Científico: Heliobletus contaminatus
Família Furnariidae


Essa pequena ave, da família Furnariidae é encontrada no interior da mata, às vezes junto com arapaçus, podendo ser confundido com um deles, explora os troncos das árvores a cata de insetos e larvas, das quais se alimenta.
Possui 12 cm de comprimento, cabeça clara com uma máscara escura no olho e boné escuro. Seu peito e dorso são  rajados. Possui asas marrom e cauda mais avermelhada. Ele consegue ficar de cabeça para baixo nos galhos das árvores.