domingo, 8 de junho de 2014

Sabiá-laranjeira

Avistamento: Bairro Tijuca - Caxias do Sul - Pomar Baretta

Ave símbolo do Brasil, o sabiá-laranjeira foi imortalizado na canção de Gonçalves Dias “Canção do Exílio”. O canto do sabiá-laranjeira é muito apreciado, semelhante ao som da flauta. O macho canta para demarcar território e para atrair a fêmea. Essas aves se adaptam a ambientes urbanos se encontram facilmente alimento e água. Essa ave pode viver até 30 anos.





Nome Científico: Turdus rufiventris
Família: Turdidae
Comprimento: 24 cm
Plumagem: Possui peito alaranjado, asas e caudas são pardacentos.
Alimentação: Alimenta-se de frutas como o  caqui, abacate, laranja, mamão, coquinho além de artrópodes como insetos, larvas e minhocas.
Reprodução: Macho e fêmea constroem um ninho feito com gravetos e lama. A incubação, de 3 a 4 ovos, dura 13 dias, podendo  ocorrer até 3 vezes ao ano.

Ocorrência: Conhecido no sudeste e no sul, mas também é encontrado na região nordeste. Encontrado em áreas mais abertas e nas bordas das matas, principalmente em áreas com água.
video


Nenhum comentário:

Postar um comentário